20ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Começa amanhã, dia 14 de agosto, mais uma edição da Bienal do Livro na capital paulista, que, dessa vez, vai comemorar os 200 anos da indústria do livro no país depois da chegada de João VI e da família real em 1808 e, com eles, também, o surgimento da Biblioteca Imperial, a atual Biblioteca Nacional.

Além de, por questões óbvias, Portugal ser um dos países homenageados, Japão e Espanha farão parte dos destaques comemorativos da feira, aquele pelo centenário de imigração japonesa em terras brasileiras e este pela realização da 7ª edição do Congresso Ibero-Americano de Editores.

A organização do evento estima que o público visitante dos estandes de mais de 900 selos editoriais atinja a marca de 800 mil pessoas.

O evento, promovido pela CBL, ocorre desta quinta-feira até o domingo da semana que vem, dia 24, no Parque de Exposições Anhembi.
Os pavilhões ficam abertos das 10 às 22 horas, e os ingressos custam R$ 5,00 para quem tem carteirinha de estudante e R$ 10,00 para o público em geral.

No site da Bienal, em “Livro do dia”, você ainda pode checar quais são os livros com desconto de 30% no valor da capa no dia em que for visitar a feira.

Quem dispuser de tempo e dinheiro para visitar a Bienal desse ano, nos diga o que mais lhe chamou a atenção.

Dêem uma olhada no site da feira, de onde retirei as informações que fazem dar vontade de ir até sampa nesse ou no próximo fim de semana.

http://www.bienaldolivrosp.com.br/

Anúncios

2 Respostas

  1. A Bienal é a feira de livros mais pop do Brasil. Quando fui ano passado aqui no Rio, senti que mesmo as pessoas que estavam ali só pelo evento eram quase que compelidas a levar nem que seja um livro de culinária. Legal isso, mas melhor ainda se todos os que comprassem lessem efetivamente!

  2. Ainda não fui à Bienal de São Paulo, mas confesso que acho a Bienal do Rio muito confusa. Acho o local longe, de difícil acesso, não contemplando a maioria. A Bienal era pra ser no Maracanã, que é zona Norte, e fica mais central pra quem utiliza trem. É um sufoco pra chegar ao Rio Centro, mesmo pra quem está de carro. Mas tirando esse problema da distância, eu adoro a Bienal. Mas só vai mesmo quem quer muuuito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: