O incrível mestrado em Book Arts da universidade de Camberwell

Para quem pensa em seguir carreira acadêmica, tem £10,400 no bolso e um bom portfolio, a universidade britânica de Camberwell oferece um conceituado curso de mestrado em Book Arts — ou artes do livro, em bom português. O grupo  University of the Arts London, que engloba as universidades de Camberwell, Wimbledon , Central Saint Martin, London College of Fashion e  London College of Communication — que também oferece uma graduação curta (3 anos, bacharelado) em Book Arts and Design — goza de longa tradição no ensino das artes visuais, tendo nomes como Mike Leigh e Paul Cox na lista de ex-alunos.

Trabalho final do aluno Hei Shing Chang, "East meets West"
Trabalho final do aluno Hei Shing Chang

O curso de mestrado em Book Arts é interessante para quem curte tipografia, gosta muito de estudar, e não tem preguiça de enfrentar toda a papelada nas eliminatórias para a seleção dos mestrandos. A pós latto sensu Book Arts and crafts do London College of Communication exige menos pré-requisitos do candidato e é bastante voltada para a confecção, em grande parte artesanal, de livros propriamente ditos (criação de produto), parecendo ter poucas matérias teóricas, sob o nome de genérico de cultural studies; sendo, de quebra, mais barata (£5,045 + £50 de custos em materiais, sendo o curso composto por uma aula semanal, em 30 semanas/ano). Além de Book Arts and crafts, o LCC oferece também a pós latto Bookbinding and Book Restoration, o curso rápido Design Book Structures, que pode ser levado no formato summer course, e o mestrado (stricto) em Publishing, pra quem curte mais a parte administrativa de produção editorial.

Camberwell é, segundo o google, a única universidade no mundo oferecendo uma pós stricto sensu em design de livro. Nada de sair preenchendo a fichinha de inscrição, porém: além de ser super concorrido, caro e cansativo, o mestrado em Book Arts só aceita alunos que já mandem muito bem enquanto pesquisadores E designers. Ao meu ver, a pós em Camberwell deve ser encarada como um segundo mestrado para o estudante de produção editorial especializado em comunicação visual, que, de preferência, já esteja inserido no mercado, e tenha um bom networking tanto na vida prática quanto na carreira acadêmica. Porque o ninguém vai liberar uma bolsa de R$100.000,00 o ano para quem não é, no mínimo, excepcional.

Leia com atenção esse pdf sobre intercâmbio na UAL, bata um papo com o mr. Jeremy Madeley da Language Partners, e comece logo a fazer suas continhas. Tanto as graduações quanto os mestrados e os MBAs oferecidos pela rede valem a pena ser cursados e brigar por uma scolarship chapa-quente dessas não é tarefa fácil.

Anúncios

5 Respostas

  1. Curso top top de linha mundial. Ir a Londres e fazer esse curso é estar no ápice do design de livros, um sujeito agraciado

  2. Será que existe algum sul americano que já cursou em Londres?

  3. tem sim, cara. dá uma olhada nos nomes que aparecem no “showcase”.

    de qualquer forma, é um chute. sobrenomes ibéricos existem no mundo todo, hehe. fora que podem ser espanhóis e portugueses, membros da União Européia.

    de qualquer forma, dá um google e vê quem no brasil passou no camberwell. é uma galera chapa quente.

  4. Boa dica! Fiquei curiosa a respeito desse trabalho do H.S. Chang… uma caixa-livro…

  5. Republicou isso em Lembrançase comentado:
    Que sonho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: