Agentes literários e scouts

Agentes literários são cada vez mais essenciais no mercado editorial internacional. Grande parte do sucesso de alguns escritores é devido à atuação de seus agentes literários, que posicionam os seus livros junto aos editores e iniciam a negociação com eles. O agente deve ser capaz de lidar com as diversas questões relacionadas aos direitos do autor. Entre os agentes literários brasileiros, destacam-se a Lúcia Riff com a Agência Riff, a Karin Schindler, a Flávia Sala, com a International Editor’co e a Ana Maria Santeiro.

Por ser capaz de valorizar o autor, o agente pode interferir no relacionamento entre editores e autores.  Contudo, não há dúvidas da importância do agente em alijar os autores com questões rotineiras do agitado mercado editorial. Aconselhar sobre possíveis títulos a serem escritos e um adiantamento sobre prévios lucros também são parte da assistência que um agente pode oferecer. Para saber um pouco mais sobre o trabalho de um agente literário, confira aqui a entrevista que Lucia Riff deu ao Portal Literal.

Outra profissão auxiliar aos editores que se tornou significativa nas décadas de 1950 e 1960 é a “literary scout”. Inicialmente essa prática esteve mais ligada aos editores norte-americanos. Atualmente com o mercado editorial em expansão e as negociações internacionais aumentando, o uso de “scouts” torna-se imprescindível, principalmente para grandes editoras. Muitas editoras da Europa já empregam pessoas residentes em Londres, Paris e Nova Iorque, simplesmente para alertá-las de alguma novidade no mercado editorial ou de algum um livro promissor. O “scout”, que deve estar sempre em contato com jornalistas e agentes literários, recebe geralmente uma porcentagem sobre o preço de capa do livro que recomendou, na verdade uma pequena quantia nas vendas. Pequena quantia que pode se tornar considerável tratando-se de best-sellers. Embora a prática não seja muito popular no Brasil, algumas editoras já possuem “scouts” nas principais cidades do mundo.

Anúncios

2 Respostas

  1. […] Produção Editorial. […]

  2. Caros senhores,
    Desejo publicar um livro, já tenho a matéria que, basicamente, são textos curtos que publico em meu blog: http://www.jairclopes.blogspot.com. Devo informar que publiquei em agosto deste ano o livro “A fonte e as galinhas” o qual, segundo os leitores, tem ótima qualidade. Como sei que as editoras cobram muito de um autor desconhecido como eu, um amigo aconselhou-me procurar um Agente Literário que, mediante um acerto numerário, faria “lobby” junto às editoras para o livro ser impresso de modo a tornar-se economicamente viável. Informo que uma rede de livrarias aqui do estado de Santa Catarina está interessada em colocar meu livro em suas prateleiras. E mais, a revisão e a capa eu providencio. Aguardo resposta, JAIR.
    PS – Não é minha intenção ganhar dinheiro com livros, quero apenas divulgar meus textos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: